RPA: por que a pandemia é uma janela para implementar a automação?

Um dos grandes aprendizados que as organizações estão obtendo com a crise do novo coronavírus é que é necessário criar processos mais ágeis e flexíveis e deixar de lado os modelos tradicionais de tecnologia para atender um mercado cada vez mais exigente e seletivo.

Nesse sentido, a pandemia está acelerando as mais diversas transformações e inovações no ambiente corporativo, com destaque para a implementação da Automação Robótica de Processos (RPA). Essa tecnologia possibilita programar softwares para imitar as ações realizadas por um funcionário humano, principalmente as tarefas repetitivas – que costumam ser altamente suscetíveis a falhas.

Além de tornar tais processos mais ágeis, a RPA permite que o colaborador tenha mais tempo para se dedicar a funções estratégicas que agregam valor à organização. Segundo uma pesquisa realizada pelo McKinsey Global Institute, as empresas que implementam tecnologias de automação aumentam seu desempenho e podem assumir a liderança em seu setor.

A pandemia é a janela ideal para adotar a automação

Após a contratação do serviço de RPA é preciso um certo tempo para que a implementação total seja finalizada, pois a efetividade dessa solução está diretamente relacionada a uma configuração detalhada. Além disso os ajustes de segurança e confidencialidade devem estar de acordo com as normas que regem a organização e o mercado.

De toda forma é um investimento que garante que as empresas enfrentem as consequências da crise, que devem permanecer no mercado por muito tempo. Assim, a pandemia tornou-se a janela ideal para implementar a automação e alcançar a excelência dos processos administrativos e também da cadeia de suprimentos.

As empresas que já fazem uso de tecnologias de automação há um certo tempo estão mais preparadas para lidar com a crise e se destacando em meio a tantos desafios. Com isso, os gestores que vinham adiando a adoção da RPA estão dando início – ou retomando – esse investimento e aquecendo o setor de tecnologia.

Perspectivas do mercado

Segundo um estudo realizado pelo Gartner, 85% das grandes empresas terão adotado alguma forma de automação de seus processos por meio da RPA até o ano de 2022. De fato, o mercado já se encontrava em expansão antes mesmo da pandemia de Covid-19, mas a busca pela redução de custos e maior eficiência promete acelerar essa previsão da consultoria.

Vale destacar que a RPA não é uma solução apenas para as grandes empresas, mas é fundamental para aquelas que buscam alcançar um crescimento sustentável – e para isso independe o tamanho e o setor em que está inserida. Assim, para obter os resultados satisfatórios que a tecnologia é capaz de entregar, o mais importante é que a organização tenha processos claros e altamente organizados, pois é preciso padrão e dados para implementar uma RPA de sucesso.

Diante do cenário de pandemia que estamos vivendo, quem mais está investindo em RPA são os segmentos de saúde e as instituições financeiras. Ambos tiveram um aumento considerável de demanda, de forma que sua eficiência operacional, principalmente nos hospitais, é fundamental para a saúde da população – seja ela física, mental ou financeira.

Dentro dos hospitais, que estão atendendo um maior volume de pessoas sem poder aumentar a mão de obra especializada, a automação está sendo utilizada no processamento e na entrega dos resultados dos testes para Covid-19. Isso garante um ganho de eficiência principalmente para as equipes de enfermagem, que costumam gastar mais de 7 horas semanais com papeis e burocracias.

No setor financeiro, a RPA está tornando os processos de solicitação e análise de crédito mais ágeis. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), até maio a pandemia foi responsável por eliminar 7,8 milhões de postos de trabalho, o que reflete numa busca crescente por crédito financeiro. Assim, se o software der vazão às demandas repetitivas, os analistas podem se dedicar às solicitações que demandam maior cuidado e atenção.

De fato, empresas de qualquer tamanho e mercado podem se beneficiar da automação. Se você quer aprender mais sobre como utilizar a RPA para reduzir custos, reestruturar operações e entregar serviços mais rápidos e eficientes para teus clientes, fale com o time de especialistas da Practia.