Como a plataforma de RPA da UiPath agiliza o RH

De acordo com estudos realizados pela Deloitte, mais de 50% dos processos internos do Recursos Humanos poderiam ser automatizados com uma ferramenta de Automação Robótica de Processos (RPA). Com essa tecnologia, o setor tem a possibilidade de se tornar mais eficiente, bem como seus profissionais passam a dispor de mais tempo para se dedicar às atividades estratégicas que geram valor ao negócio. 

Simplificadamente, a RPA pode ser explicada como um conjunto de softwares robô que formam uma força de trabalho virtual e independente da intervenção humana. Dentre os benefícios proporcionados por essa tecnologia, vale citar a maior precisão nas tarefas, flexibilidade operacional e redução de falhas e custos. 

Nos setores administrativos, os processos que são alvo da RPA geralmente são aqueles que englobam tarefas repetitivas e mais suscetíveis a erros, e que demandam muito tempo do profissional responsável. Os principais exemplos são a coleta e tratamento de dados, o preenchimento de planilhas e formulários e a criação de relatórios que serão utilizados pelos gestores para tomadas de decisão. 

Para Mandy SebelChief People Officer (CPO) da UiPath, o maior benefício que a RPA proporciona para o Recursos Humanos é permitir que os profissionais da área tenham tempo disponível para utilizar com outras pessoas e ajudá-las a desenvolver seus talentos. Assim, a automação no RH tem impacto direto na atração e retenção dos colaboradores, bem como proporciona uma melhor experiência ao funcionário. 

A seguir estão apresentados alguns exemplos de como a RPA pode ser utilizada para agilizar o Recursos Humanos. 

Otimizar o recrutamento 

Selecionar cadastros e currículos de candidatos para uma determinada vaga é uma tarefa que consome muito tempo do profissional responsável, mas que pode ser automatizada com a RPA. De forma simples, o software pode ser configurado para encontrar os candidatos que mais se enquadram às características da posição de acordo com as regras definidas previamente pelos gestores. 

Uma vez que esses dados são coletados, o software pode integrá-los ao sistema interno a ainda obter novas informações no caso de candidatos que já tenham participado de algum processo seletivo da organização. Ao fim, o gestor recebe os relatórios e assume o processo no momento exato em que sua expertise se faz necessária, ou seja, na interpretação dos dados e na tomada de decisões. 

Construir uma experiência positiva para reter o colaborador 

A RPA tem sido utilizada, cada vez mais, como técnica para valorizar o profissional bem capacitado e que tem grande potencial de agregar valor à organização. À medida que os softwares realizam as tarefas repetitivas e monótonas, o colaborador tem mais tempo para ser estratégico e, de fato, ajudar a empresa a crescer. 

Essa técnica de Recursos Humanos une o aumento da produtividade ao senso de propósito, duas características muito citadas por funcionários quando o assunto é retenção e engajamento. 

De fato, o RH da atualidade não é mais aquele responsável por preencher formulários e fazer pagamentos. À medida que o setor obtém maior visibilidade e protagonismo dentro das organizações, é fundamental que esse tipo de tarefa seja automatizada. A era é digital, e as soluções tecnológicas são desenvolvidas com o intuito de ajudar os profissionais a serem mais eficientes e a reduzir custos que não geram retorno.  

Assim, substituir um colaborador por um software de automação e colocar essa pessoa para atuar mais estrategicamente é um ganho duplo para a organização. Alguns estudos de mercado já mostraram que quanto antes uma empresa investe em RPA, maior é o retorno obtido sobre o investimento (ROI). 

Portanto, o Recursos Humanos pode – e deve – se beneficiar dessas soluções para fortalecer o relacionamento da empresa com o público interno e reforçar o comprometimento das lideranças com aqueles que se dedicam diariamente ao negócio. Ainda que pareça contraditório, é graças a tecnologias como a RPA e a Inteligência Artificial, que as organizações conseguem criar um ambiente de trabalho centrado na pessoa. 

Quer aprender mais sobre RPA e automação ágil em RH? Entre em contato com um de nossos especialistas!